Projeto Parto Adequado

Buscando identificar modelos inovadores que permitam a melhoria das práticas associadas ao parto e nascimento, reduzindo os riscos desnecessários e melhorando a segurança e a experiência do cuidado para mães e bebês, a Unidade Materno-Infantil da Santa Casa de Misericórdia de Passos implantou o Parto Adequado, um projeto promovido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Hospital Israelita Albert Einstein e Institute for Healthcare Improvement (IHI) com o apoio do Ministério da Saúde. Segundo a médica Maria Paula Moraes Vasconcelos, especialista em ginecologia e obstetrícia e coordenadora da Unidade Materno-infantil da Santa Casa, a ideia é que o projeto ajude as gestantes a se prepararem para a hora do nascimento dos bebês, com todo o aporte de informações e segurança necessárias para esse momento. Em março deste ano (2017), aconteceu um encontro envolvendo 150 hospitais do país. A Dra. Maria Paula é responsável pela liderança e supervisão do projeto na Santa Casa, cuidando para seu desenvolvimento. “A integração dos 150 hospitais participantes do projeto é feita através de encontros presenciais e virtuais guiados por um acordo de cooperação técnica muito bem estruturada em que o projeto piloto, que durou dois anos, apresentou os resultados esperados”, explicou.

A equipe materno-infantil vem trabalhando há anos na melhoria das práticas assistenciais no parto. Hoje, qual o melhor parto? Parto normal? Parto cesáreo? Sem dúvida, o melhor parto é o adequado: aquele que é o melhor para aquela mãe e para o bebê.

“Quando feita precocemente e sem necessidade médica, a cesárea pode aumentar os riscos de complicações para mãe e bebê, sendo assim, esse projeto busca a adoção de modelos de atenção ao parto e nascimento que favorecem a qualidade dos serviços, e contribuem para a redução dos riscos decorrentes de cesarianas desnecessárias. Para que se sintam seguras, as gestantes e famílias precisam ter a opção e o conhecimento do cuidado mais adequado garantindo a prontidão para o trabalho de parto.” destacou a médica.

Sobre o Complexo Materno-infantil

O Complexo Materno-infantil da Santa Casa de Passos possui um padrão de assistência completo. A filosofia do hospital não se restringe apenas ao atendimento da mãe e do bebê, mas sim em oferecer essa linha de cuidados que busca todos os momentos de atenção, de forma integrada às diversas unidades do hospital.


O hospital conta com uma equipe multiprofissional preparada, que garante o acesso a todos os recursos necessários e serviços que vão desde o pré-natal até a cirurgia cardíaca infantil.

“Garantir essa linha de cuidados com a mãe e com o bebê é a nossa maior preocupação. Diagnosticada a gravidez, começamos o pré-natal. Depois, vem o nascimento da criança dentro de uma estrutura tecnologicamente avançada, mas provida de toda a humanização. Os cuidados não param por aí. Acompanhamos a mãe e a criança até os 2 anos aproximadamente, quando necessário”.